Como posso permanecer motivada e positiva durante o tratamento? Eu luto contra a resistência.

Como posso permanecer motivada e positiva durante o tratamento? Eu luto contra a resistência.

 

A resistência contra o diagnóstico e o tratamento do vaginismo faz com que muitas mulheres sofram sem necessidade. Ter uma atitude corretiva positiva é essencial para quebrar o ciclo de resistência e de derrota.

 

Medo, Complacência E Resistência

É comum que as pessoas evitem questões difíceis, dolorosas e que tenham resultados incertos e potencialmente desanimadores. Isto é bem verdadeiro com o vaginismo. O sentimento de desesperança penetrante que os casais sentem com este problema sexual é derrotador e paralisante. Um dos maiores obstáculos na superação do vaginismo é ter que lidar com a resistência. Encorajamento, amor, paciência e comunicação podem ajudar muito a sustentar relacionamentos durante o processo, mas não existe nenhum substituto para ter uma atitude corretiva positiva. Encarar o problema diretamente, instruir-se e tomar as atitudes necessárias positivas para superar o vaginismo são essenciais para quebrar o ciclo de resistência e de derrota.

 

Como posso superar a resistência? Tomar uma atitude quando tudo aparenta não ter solução.

A presença súbita de problemas sexuais do vaginismo em relacionamentos coloca muita pressão nas mulheres. Quando todas as tentativas sexuais acabam em dor ou em fracasso e não se encontra nenhuma explicação simples, as mulheres começam a se afastar emocionalmente devido a sentimentos de desesperança. O mundo todo parece estar envolto no desespero da disfunção, e a resistência pode se tornar uma parte do mecanismo contínuo de sobrevivência ou defesa. As emoções podem parecer avassaladoras. Os sentimentos de fracasso, demérito, culpa, frustração, solidão ou vergonha geralmente estão presentes e paralisam as mulheres com vaginismo. Algumas mulheres começam a se definir por essas características negativas e acham difícil pensar em soluções de tratamento.

A famosa citação “a única coisa que devemos temer é o próprio medo” (Franklin D. Roosevelt) também pode ser válida para lidar com o vaginismo. O vaginismo pode ser superado. O medo e a resistência são geralmente os maiores obstáculos na superação do vaginismo (além da obtenção de um diagnóstico correto e de informações sobre o tratamento).

Para permanecer motivada e positiva, as seguintes sugestões podem ajudam mulheres a combaterem a resistência e a complacência:

  1. Tome uma atitude. Tomar uma decisão positiva de seguir em frente ajuda a restaurar relacionamentos e melhora a intimidade e a confiança. Visto que o vaginismo tem ótimos resultados de tratamento, sugerimos que todas as mulheres procurem tratamento ou, pelo menos, tomem conhecimento sobre a disfunção e o processo para superá-la de modo que possam tomar decisões informadas.
  2. Obtenha um diagnóstico. Se possível, insista em obter um diagnóstico médico. Sem um diagnóstico, há uma tendência de evitar soluções de tratamento devido à incerteza (pensar que os tratamentos disponíveis não são aplicáveis ao seu caso).
  3. Obtenha conhecimento sobre o vaginismo. Aprender sobre a disfunção e como resolvê-la realmente ajuda a combater medos do desconhecido ou medos de fracassar no tratamento. O conhecimento também ajuda as mulheres a lutarem por um melhor diagnóstico e tratamento de seus provedores de saúde.
  4. Entre num programa. Entender as etapas necessárias para resolver a disfunção é essencial no processo de superação. As mulheres precisam perceber que um programa torna o processo de superação do vaginismo muito mais fácil, mais viável e traz bons resultados.
  5. Seja consistente e crie uma rotina de tratamento. Isto pode realmente ajudar durante aqueles momentos de dificuldade emocional. Siga com o processo do tratamento e continue a trabalhar cada etapa com regularidade, mesmo quando a vida parecer não ter perspectiva de bons resultados.
  6. Lembre-se das declarações (parte da 2ª etapa). Uma mulher precisa escolher não permitir que a dor ou os fracassos do passado continuem a prejudicar os sucessos do futuro. Leva tempo para retreinar o corpo de uma pessoa para superar o vaginismo. Seja positiva e aceite totalmente um potencial futuro diferente.
  7. Fique “conectada”. O fórum online do vaginismo é um ótimo lugar para fazer perguntas, obter informações, dar e receber encorajamento e desabafar em momentos de frustração. Saber que uma pessoa não está sozinha quando ela faz o programa pode ajudar, porque ela pode compartilhar o sucesso com outras pessoas. Algumas mulheres se aliam a outras no fórum para suporte. Outras conectam-se com as mulheres que estão à frente delas e também atrás delas no programa. Destas maneiras, as mulheres podem receber encorajamento de outras que estão passando por emoções semelhantes enquanto também compartilham o progresso individual para ajudar aquelas que estão logo atrás. Outros métodos de apoio também estão disponíveis.
  8. Pratique o relaxamento. Com intenção, as mulheres podem aprender a controlar e a relaxar a mente e o corpo. Uma distração agradável também pode ajudar a aliviar as circunstâncias difíceis e permitir que a mente e o corpo da mulher sejam revigorados e renovados. Passatempos ou atividades que relaxam e ajudam e descansar as emoções incluem jardinagem, leitura, caminhada, canto, culinária e outras atividades.
  9. Use recompensas. Algumas mulheres criam recompensas para ajudá-las a seguir o programa. Uma recompensa pode ser dada quando um pequeno passo for realizado ou quando a mulher atingir um grande marco importante no processo. Os esposos também podem participar, usando recompensas para surpreender suas esposas ou parceiras com itens de reconhecimento como, por exemplo, uma massagem, um jantar num restaurante especial ou um pequeno presente.
  10. Dê-se um tempo. Pense em planejar viagens ocasionais ou quando atingir marcos importantes (contanto que elas não levem à resistência ou à redução de progresso). Por exemplo, após realizar as etapas de maneira consistente por diversos dias seguidos, passe o fim-de-semana fora, etc.
  11. Seja determinada. As realizações importantes na vida requerem uma determinação paciente. Seja determinada para superar seus medos e todos os outros obstáculos para resolver o vaginismo e encontrar a liberdade. Você tem condições de fazer isso!

 

Veja Também

Pin It on Pinterest

Share This